Lesão de Múltiplos Ligamentos do Joelho

Lesão de Múltiplos Ligamentos do Joelho

O joelho pode ser dividido em 4 regiões: “frente, trás, dentro e fora” (nomes informais para facilitar a compreensão). A parte de dentro, mais interna, é a que fica mais próxima do outro joelho. Chamamos essa região de medial. A parte de fora, mais externa, é a que fica do mesmo lado do bolso lateral da calça, e chamamos de região lateral.

O que é canto posterolateral?

É um conjunto de estruturas que ficam na parte lateral (externa) do joelho. Essas estruturas são o ligamento colateral lateral, o tendão do poplíteo e o ligamento poplíteo-fibular. A lesão dessas estruturas é rara quando comparamos com a lesão do ligamento cruzado anterior.

Além disso, a lesão do canto posterolateral também pode ser considerada uma lesão multiligamentar (i.e., de múltiplos ligamentos), porque mais de 1 ligamento é rompido. Por acometer mais de 1 ligamento, a lesão do canto posterolateral é grave.

Outras estruturas podem ser lesadas junto com o canto posterolateral, tais como outros ligamentos (ex.: ligamento cruzado posteriorligamento colateral medialligamento cruzado anterior), nervos (ex.: nervo fibular), artéria (ex.: artéria poplítea) e ossos (ex.: fratura do planalto tibial).

Opções de tratamento para a lesão de múltiplos ligamentos do joelho e lesão do canto posterolateral

Primeira opção: Em situações bem específicas, podemos reparar os ligamentos, ou seja, costurá-los e prendê-los novamente nos ossos do joelho. Esse procedimento é realizado com fios cirúrgicos, e também pode ser reforçado com parafusos, âncoras, fios metálicos, entre outros.

Segunda opção: Consiste na reconstrução dos ligamentos. Assim como fazemos para a lesão do ligamento cruzado anterior, podemos fazer para os demais ligamentos do joelho. Para reconstruir um ligamento lesado, utilizamos um enxerto, que é algum tendão do joelho. Normalmente, retiramos até 3 tendões do joelho que sofreu a lesão. Quando precisamos de mais tendão, podemos retirar do outro joelho, ou utilizar de doador falecido (i.e., transplante homólogo).

Todas as opções e nuances do diagnóstico e tratamento são avaliadas pelo ortopedista especialista para elaboração do melhor plano terapêutico ao paciente vítima de lesão grave no joelho.

Sobre o Dr. Márcio Silveira, especista em joelho, ortopedia do idoso e traumatologia esportiva em Brasília / DF >
Sobre a luxação de joelho >

Deixe uma resposta